top of page

O contador do futuro nas indústrias: conheça 4 temas fundamentais para ele!


O contador é um profissional de extrema importância em todas as empresas, e no ramo das indústrias não seria diferente. Com o avanço da tecnologia, algumas mudanças aconteceram no setor e o contador precisou se atualizar. Por isso, para o contador do futuro nas indústrias, é necessário que este conheça quatro temas fundamentais para que possa se aprofundar e atuar no dia a dia.


Contabilidade Ambiental

Trata-se do ramo da contabilidade em que são registrados e controlados dados correspondentes a ações da empresa que afetam o meio ambiente. Esse relatório funciona como um registro do patrimônio ambiental, apontando monetariamente os benefícios, prejuízos e resultados da exploração do meio ambiente.


Contabilidade digital (SPED / NF-e)

SPED é a sigla para Sistema Público de Escrituração Digital e consiste na modernização do cumprimento das obrigações transmitidas pelos contribuintes às administrações tributárias e aos órgãos fiscalizadores.


O SPED é composto por cinco grandes subprojetos: NF-e – nota fiscal eletrônica; CT-e – conhecimento de transporte eletrônico; EFD – escrituração fiscal digital; ECD – escrituração contábil digital e NFS-e – nota fiscal de serviços eletrônica.


O contador do futuro deverá saber transitar no ambiente digital de modo a entregar todas as obrigações fiscais nos prazos requeridos pelo fisco e aproveitar as informações disponíveis para agregar ainda mais valor à gestão das indústrias.


Substituição tributária do ICMS

O ICMS é um dos impostos mais complexos do nosso país e a substituição tributária do ICMS é um tema muito relevante. Muitos contadores afirmam que o ICMS na substituição tributária é a forma de tributação mais complexa que existe no Brasil. Por isso, é inevitável que você entenda como o ICMS e a substituição tributária funcionam para o seu negócio.


A substituição tributária é um mecanismo que os governos estaduais adotam para garantir a arrecadação na fonte. É feita uma estimativa por parte do governo do preço do produto fabricado pela indústria para o consumidor final, e o ICMS-ST é retido pela indústria quando vende seu produto para o distribuidor ou varejista.


Fluxo de caixa industrial

O fluxo de caixa é um dos pilares da gestão financeira de uma indústria e é preciso dar a devida atenção a este assunto para assim alcançar a organização necessária para uma boa operação. Ou seja, conseguir administrar as saídas e entradas de caixa e manter o negócio funcionando no azul.


A FGI oferece a Graduação em Ciências Contábeis que, durante os 4 anos, leva em consideração todas as inovações educacionais e da carreira do futuro profissional em contabilidade.​​


O programa é voltado para profissionais e futuros profissionais que têm como desafio trabalhar a contabilidade nas suas diversas especificações, tais como: planejamento contábil comercial, industrial, rural, bancário e público, auditoria e análise contábil. Clique aqui e saiba mais.


WhatsApp.svg.webp
bottom of page