top of page

Descubra a importância da educação financeira para empresas


O número de endividados não para de crescer no país. Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), 67,1% das famílias brasileiras possuem dívidas. Neste cenário, a educação financeira nas empresas assumiu um papel muito importante.


Sem o planejamento ideal, as pessoas ficam cada vez mais enroladas e endividadas, sem saber como pagar o que deve, já que mais gastos nem sempre vêm acompanhados de mais dinheiro na conta. No âmbito empresarial, isso reduz a produtividade e aumenta o estresse financeiro.


Ao longo do tempo, as empresas começaram a perceber que funcionários infelizes produzem menos do que os que estão satisfeitos e que essa condição vai além do ambiente de trabalho oferecido. A situação pessoal do colaborador interfere igualmente.


Se o profissional estiver passando por problemas em casa como divórcio, questão de saúde ou endividamento, pode ter sua rotina de trabalho comprometida. O humor do colaborador fica alterado e seu desempenho é diretamente impactado por esses acontecimentos.

Com o aumento do número de endividados, os empregadores começaram a perceber que esse problema poderia refletir no resultado dos negócios. É nesse cenário que surge a educação financeira nas empresas.


O setor de RH das companhias foi o responsável por identificar a necessidade de oferecer mais benefícios direcionados ao trabalhador. Aos poucos, o olhar para o colaborador como um ser humano completo (pessoa e profissional) virou prioridade dos gestores.


Pensando nisso, uma estratégia deste setor é desenvolver programas de educação financeira nas empresas para conscientizar os funcionários sobre controle financeiro. Eles consistem basicamente em uma programação voltada para a gestão do dinheiro ganho mensalmente.


É por isso que a educação financeira nas empresas tem papel distinto e deve envolver todos os colaboradores da companhia. Mais do que fazer com que os colaboradores quitem suas dívidas, os projetos têm como objetivo ensinar sobre o uso consciente do dinheiro.


A FGI oferece a Graduação em Ciências Contábeis que, durante os 4 anos, leva em consideração todas as inovações educacionais e da carreira do futuro profissional em contabilidade.​​


O programa é voltado para profissionais e futuros profissionais que têm como desafio trabalhar a contabilidade nas suas diversas especificações, tais como: planejamento contábil comercial, industrial, rural, bancário e público, auditoria e análise contábil. Clique aqui e saiba mais.

Comentarios


WhatsApp.svg.webp
bottom of page