top of page

Como surgiu a Psicologia de Tráfego?

A Psicologia do Tráfego é uma área muito específica da psicologia muito recente. Ela estuda os comportamentos do ser humano no trânsito. A Psicologia do Tráfego surgiu a aproximadamente 3 décadas, como sequência de inúmeras pesquisas em várias dezenas de institutos, laboratórios e centros de pesquisa.


Pode ser considerada uma área da psicologia independente, visto que tem um objeto de estudo independente, este refere-se ao comportamento e funcionamento humano, porém o ser humano como interveniente do trânsito, entendendo-se por trânsito o conjunto de deslocamentos dentro de um sistema regulamentado.


A área da Psicologia do Tráfego estuda os comportamentos de todos os intervenientes no trânsito, nomeadamente: os pedestres (peões), os motoristas, os motoqueiros, os ciclistas, os motoristas e passageiros de transportes de coletivos, incluindo inclusive os participantes do tráfego aéreo, marítimo, fluvial e ferroviário. Porém, a Psicologia do Tráfego foca-se essencialmente nos comportamentos dos intervenientes no tráfego nas redes urbanas.


O comportamento dos intervenientes no trânsito embora aparentemente se percepcione como simples, este implica uma elevada complexidade. O comportamento no trânsito pode incluir processos de atenção e concentração, de detecção e diferenciação, de percepção, de tomada de decisão, memória a curto e a longo prazo, a aprendizagem e o conhecimento de normas e símbolos gerais e específicos, a motivação.


Integra também uma série de automatismos perceptivos-motores, de uma velocidade de resposta elevada pronta ao feedback e à previsão de situações em cruzamentos, curvas e lombares.


Bem como também uma série de atitudes, sentimentos e emoções face aos outros intervenientes, à autoridade, às normas de segurança, etc. Assim sendo é necessário uma análise aprofundada a fim de prever e evitar acidentes.


A Psicologia do Tráfego está relacionada direta e indiretamente com inúmeras outras áreas científicas e de conhecimento, além de outras áreas da psicologia, refiro nomeadamente: a medicina do trabalho, a estatística, a física, a ergonomia, a sociologia, a pedagogia, a criminologia e o direito.


A Faculdade de Gestão e Inovação oferece a pós-graduação em Psicologia do Tráfego que foi desenvolvido para a conceituação, implementação e análise de resultados de cada um. O curso dura apenas 16 meses, é 100% digital e os encontros acontecem mensalmente aos finais de semana no formato ao vivo, uma oportunidade perfeita para quem não tem tempo durante os outros dias. Clique aqui e se inscreva.


Comments


WhatsApp.svg.webp
bottom of page