top of page

CDB: o que é e como funciona?



Aqueles que querem entrar no mundo dos investimentos têm nos Certificados de Depósito Bancário (CDBs) uma boa opção. Os CDBs são papéis emitidos por bancos com o objetivo de financiar suas atividades, projetos e pagamento de dívidas, e, para isso, oferecem juros aos investidores. E por conta da necessidade, os bancos menores costumam oferecer rentabilidades superiores ao índice de referência para investimentos em renda fixa.


Resumidamente, é o título de renda fixa mais conhecido do mercado, geralmente procurado para manter uma reserva de dinheiro ainda de forma segura, mas com rendimentos superiores à poupança. Esse tipo de investimento tem proteção assegurada pelo FGC.


O Fundo Garantidor de Créditos (FGC) é uma instituição privada, sem fins lucrativos, que administra mecanismos de proteção a correntistas, poupadores e investidores em decorrência de problemas com instituições financeiras. Para o investidor, ele representa a segurança de que os seus recursos estão protegidos mesmo em eventos extremos, como a falência, intervenção ou liquidação de uma instituição financeira, limitado a R$ 250 mil por CPF ou por CNPJ, e por instituição financeira, limitado a R$ 1 milhão de reais.


Os tipos de CDB são: pós-fixados e prefixados. O pós-fixado tem sua rentabilidade atrelada a um percentual do CDI. Por exemplo, um CDB que paga 100% do CDI dará uma rentabilidade bruta igual ao da taxa de juros CDI. Porém, neste tipo de CDB, nós não sabemos antecipadamente quanto será nossa rentabilidade, pois o CDI varia ao longo do tempo.


Já o prefixado ocorre quando os juros já estão, como o nome diz, prefixados. Ou seja, quando você compra o título de CDB já saberá exatamente qual será o rendimento dele. Por exemplo, um CDB que renda 10% ao ano te pagará exatamente 10% de juros no período de 12 meses.


Mas como funciona? Quando você investe em um CDB, está emprestando seu dinheiro a um banco que te pagará em um prazo determinado. Sendo assim, você investe em um CDB, que possui uma data de vencimento e uma taxa.


Em seguida, seu dinheiro começa a render assim que é aplicado no CDB. Normalmente, você pode resgatar o dinheiro antes do vencimento do CDB, a qualquer momento, mas não terá todos os juros prometidos, já que eles são pagos somente no vencimento do título. Isso varia conforme o emissor do CDB, tal como a rentabilidade oferecida.



Comments


WhatsApp.svg.webp
bottom of page