top of page

O valor do pequeno produtor brasileiro para o agronegócio

A agricultura é o setor econômico que mais emprega pessoas no mundo e a principal fonte de alimentos e renda para muitas pessoas que vivem na pobreza. Investir na agricultura não é apenas uma das estratégias mais eficazes para melhorar a segurança alimentar e promover a sustentabilidade, mas também é essencial para o desenvolvimento econômico de muitos países.


No Brasil, mais do que as condições ideais para a agricultura, pecuária e outras atividades correlatas, o país é um dos centros de conhecimento científico do setor. Nos últimos 30 anos, o país cresceu 334% na produção de grãos, enquanto no mesmo período, a área plantada aumentou apenas 71%. Ou seja, o Brasil aprendeu a fazer mais com menos, o que o tornou uma referência mundial.

Além de sua expressiva contribuição para o PIB brasileiro, o agronegócio é responsável por 20% dos empregos gerados no país.


O Brasil possui mais de 4 milhões de pequenos produtores e eles um valor gigantesco para a do país. Mesmo com as adversidades do dia a dia, esses produtores respondem por grande parte dos alimentos dispostos no mercado interno e boa parte dos alimentos que está na mesa dos brasileiros é oriunda dos pequenos agricultores.


Estima-se que no Brasil a agricultura familiar é responsável por 75% dos alimentos que vão para a mesa do brasileiro. Além disso, o setor também preserva os alimentos tradicionais, além de proteger a biodiversidade agrícola, já que esse modelo produtivo dificilmente é associado à monocultura.


Devemos valorizar os agricultores e produtores rurais diariamente, afinal o trabalho deles é fundamental para mantét o abastecimento de alimentos nas cidades e que avanços na economia do país.

Yorumlar


WhatsApp.svg.webp
bottom of page