top of page

Método agrícola de produção relaciona fases da lua


A Agricultura Biodinâmica é um sistema de produção de base ecológica que integra junto a outros tipos de sistemas de produção existentes à ciência da Agroecologia. A Agricultura Biodinâmica possui suas características próprias.


Entre os seus elementos de destaque estão o uso de preparados biodinâmicos (ao utilizar princípios da Homeopatia) e o acompanhamento do calendário astronômico (além das fases da lua, usa outros astros, como os signos para reger os elementos da terra).

René Piemonte explica que fazer agricultura biodinâmica é fazer agricultura ecológica e orgânica, mas os alimentos são ainda mais diferenciados e valorizados pela sua qualidade excepcional.


"O produtor vai produzir seus próprios insumos e este tipo de agricultura traz uma questão econômica dupla: ele gasta muito menos na produção e o valor dos produtos no mercado são superiores aos convencionais", chama a atenção.

O consultor conta que a agricultura biodinâmica é um dos mais antigos tipos de agricultura e que tem vários locais que a praticam, tornando-se um expoente no mundo. "Aqui no Brasil, São Paulo é um dos locais onde se pratica a agricultura biodinâmica de maneira mais intensa, e depois, o município de Sentinela do Sul, no Rio Grande do Sul, que trabalha com arroz biodinâmico, que se destaca no cenário brasileiro", fala.

Os produtos biodinâmicos podem ser encontrados em mercados especializados. Sua diferenciação do produto orgânico é o uso do selo de certificação do Demeter, indicação de qualidade e procedência com princípios biodinâmicos.


O método, criado em 1924 por Rudolf Steiner, durante o Congresso de Pentecostes, na Polônia, é um ramo da antroposofia. No caso da agricultura, é entender de maneira mais profunda quais são as relações do homem, da terra e da existência. Ele pega todo o conhecimento folclórico dos povos europeus e aplica na agricultura.


A teoria relaciona signos e meios de cultivo através da utilização de um calendário celestial. De acordo com o biodinamismo, dependendo do signo da época, algumas plantas se desenvolvem melhor que outras.


A divisão é feita em quatro elementos: água, terra, fogo e ar. Os signos de água são mais propícios para plantas em que o caule é utilizado. Os de terra, as raízes; os de fogo, as frutas; e os de água, as folhas e as flores.


O chef Gabriel Vidolin explica que as fases da Lua também são levadas em consideração no calendário da agricultura biodinâmica. “A gente sempre semeia em lua nova, porque nesse momento a energia da semente está mais interiorizada.”


“Na crescente, ela começa a se desenvolver; na lua cheia, a planta está em plenitude e na minguante, é quando a gente não pode abusar da colheita” e acrescenta que “a colheita é sempre feita ou às 10h ou às 16h, que são os horários em que a terra está mais propícia e os hormônios da planta estão no ápice”.


A Faculdade de Gestão e Inovação oferece o MBA Gestão Estratégica do Agronegócio com o objetivo de formar profissionais completos e diferenciados para atuarem no agronegócio, proporcionando a descoberta de formas de gestão agrícola. Com aulas teóricas e práticas, o aluno consegue expandir seu conhecimento e aplicá-lo no seu dia a dia, melhorando a atuação na sua empresa.


O curso dura apenas 1 ano e meio, é 100% digital e os encontros acontecem mensalmente aos finais de semana no formato ao vivo, uma oportunidade perfeita para quem não tem tempo durante os outros dias. Seja um dos líderes do mercado agro! Clique aqui e se inscreva.

Comentarios


WhatsApp.svg.webp
bottom of page