top of page

Exportações brasileiras são impulsionadas pela Copa do Mundo

Nas últimas duas décadas, o Brasil vem consolidando sua posição como um grande produtor de commodities agrícolas e produtos alimentícios, bem como também vem se tornando um importante fornecedor para mercados internacionais.


O Brasil é o quinto maior país em área e população e o maior em terras agricultáveis, ele está entre os poucos países com potencial para aumentar a produtividade agrícola.


A expansão contínua do comércio brasileiro e a diversificação de mercados e produtos permanecem no centro da estratégia de crescimento agrícola do Brasil.


Visando esse crescimento, o Brasil tem feito grandes esforços para melhorar as relações comerciais com os principais mercados internacionais. Um exemplo disso são as exportações brasileiras para os Emirados Árabes Unidos que aumentaram cerca de 46% no período de janeiro a outubro de 2022, para US$ 2,57 bilhões, em comparação com US$ 1,76 bilhão no período de janeiro a outubro de 2021.


Recentemente também aconteceu uma rodada de negociações entre grandes importadores de construção do Kuwait, Sudão e Arábia Saudita na sede da Câmara de Comércio Árabe Brasileira. A reunião realizada em colaboração com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, visa intensificar as exportações brasileiras e promover uma série de eventos aproveitando a Copa do Mundo.


Entre 21 de novembro e 18 de dezembro deste ano, o Catar sedia a Copa do Mundo com a participação das seleções de 32 países. Historicamente o torneio da FIFA sempre impulsiona diversos setores da economia como varejo e alimentação e esse ano as exportações brasileiras estão sendo bastante impulsionadas pelo evento.











Comments


WhatsApp.svg.webp
bottom of page