top of page

Expectativa para Dezembro na Bolsa de Valores

Por: Prof. Carlos Solé

Depois de um Novembro histórico na Bolsa de Valores, o mês de Dezembro está sendo visado por todos os investidores. Em uma expectativa de alta, talvez seja a hora de investir com mais grandiosidade nas empresas que mais fizerem sentido para cada um. No texto de hoje, vamos falar melhor sobre o que esperar da Bolsa nos próximos dias.

Expectativa

Com um desempenho histórico, o Ibovespa fechou novembro aos 108.893,32 pontos, uma alta de 15,9% durante o mês – a melhor performance para o período desde 1999. O movimento do IBOV foi tão forte, que a queda acumulada do ano, de 45,03% no dia 23 de março, está agora em 5,84%.


O resultado atípico foi motivado por uma série de acontecimentos que animaram os mercados em todo o mundo, como as notícias relacionadas ao desenvolvimento das vacinas contra o coronavírus.


Para dezembro, no entanto, o que deve ditar o ritmo do Ibovespa é o ambiente doméstico. A percepção do grau de importância que o Executivo dá ao teto de gastos precisará entrar no radar do investidor. Segundo a Secretaria Especial da Fazenda do Ministério da Economia, a dívida bruta do governo geral (DBGG) deve chegar ao final de 2020 em 96% do Produto Interno Bruto (PIB).


De acordo com Bruno Arruda, da equipe de gestão da Gauss Capital, o mês de dezembro será marcado pela mudança de posicionamento dos investidores na direção de nomes cíclicos, que tendem a se beneficiar dos avanços no desenvolvimento da vacina para a Covid-19. Acredita-se em um viés otimista para a Bolsa, porém em um movimento menos agressivo do que o observado no mês passado.


As ações mais recomendadas para esse mês, segundo especialistas de 18 corretoras, são:


● B3 (B3SA3);

● Vale (VALE3);

● Petrobras (PETR4);

● Via Varejo (VVAR3);

● Bradesco (BBDC4).


WhatsApp.svg.webp
bottom of page