top of page

Dividend yield: saiba mais sobre esse indicador tão importante


A grande maioria de investidores, quando compram ações, esperam lucrar com a valorização do seu preço. Uma parcela deles, entretanto, conta com um rendimento a mais: a distribuição de lucros periódica da empresa que lançou aquelas ações.


É bem provável que você já tenha ouvido falar dos famosos dividendos ou já até os recebeu. Esse provento é pago aos acionistas de uma empresa, de acordo com a decisão de um Conselho Administrativo.


Dividend yield ­– ou simplesmente DY – é um indicador que permite ao investidor saber quais empresas são consideradas as melhores pagadoras de dividendos. O seu cálculo é feito a partir de um percentual, que mostra a rentabilidade dos dividendos de uma determinada empresa, isso em relação ao preço de suas ações.


Vale lembrar que dividendos são uma forma de ganho bastante popular entre investidores mais conservadores e entre aqueles que desejam criar uma renda passiva e viver dela. Eles são parte do lucro líquido de uma empresa, que é distribuído diretamente aos acionistas.


A definição do valor a ser distribuído a título de dividendos normalmente ocorre no estatuto social de cada empresa. Porém, é possível que o estatuto seja omisso quanto a esse ponto. Se isso ocorrer, as empresas devem respeitar as disposições previstas na legislação brasileira e ao que ficar decidido pela Assembleia Geral de acionistas.


Saber o que é dividend yield e como calculá-lo é de extrema importância para o investidor focado em dividendos. É por meio dele que podemos ter uma ideia de quanto uma determinada empresa pode vir a pagar em proventos nos próximos 12 meses e, a partir disso, estruturar uma estratégia de investimento focada em dividendos, por isso, ele é tão importante.


Mas é preciso ter cuidado ao analisar somente esse indicador de forma isolada, pois ele pode acabar passando uma falsa impressão positiva sobre uma determinada ação para o investidor. Por isso, o dividend yield deve ser analisado em conjunto com outros números e dados sobre a empresa para evitar que o investidor caia em uma armadilha.


A política de pagamento de proventos é definida por cada empresa. Portanto, tanto o payout quanto o período de repasse pode variar. Há ações que distribuem dividendos anualmente, semestralmente ou trimestralmente. Esse é um ponto a ser considerado na hora de investir. Se você deseja criar um fluxo de renda com os seus investimentos, é recomendável priorizar os papéis que pagam proventos em maior frequência.




Commentaires


WhatsApp.svg.webp
bottom of page