top of page

Conheça as métricas de confinamento bovino

Para a avaliação do sucesso e continuidade do confinamento bovino é preciso estabelecer métricas a serem usadas como indicadores de desempenho, possibilitando assim comparações entre diferentes períodos e acompanhamento da eficiência, ou seja, a saúde financeira da atividade. No texto de hoje, conheça um pouco mais sobre as métricas de confinamento bovino.


Ganho de peso diário

É a métrica de desempenho dos animais sobre o ganho de peso diário, ou seja, quanto de peso o animal ganhou no dia. Com a aplicação de tecnologia tornou possível obter diariamente a quantidade de quilogramas engordadas por cada animal, enquanto antes se obtinham médias de um lote inteiro por períodos longos ou pré-estabelecidos.


Arrobas produzidas de carcaça

É o indicador de quantas arrobas de carcaça são produzidas durante a operação, seja de recria ou terminação. Utilizando o ganho de peso diário e aplicando a taxa do rendimento do ganho, conseguimos obter o quanto de carcaça esse animal produziu no período.


Rendimento de Carcaça

O rendimento de carcaça é a relação entre o peso da carcaça e o peso vivo de chegada do animal no frigorífico. Esse indicador é dado em porcentagem e mostra quanto do peso vivo do animal é convertido em carne com osso (carcaça).


Após o abate no frigorífico, ocorre a retirada da cabeça, cauda, couro e mocotó, então tem-se a carcaça finalizada, ou seja, o que realmente será aproveitado pelo frigorífico como matéria prima para os cortes.


Consumo de matéria seca e conversão alimentar

O consumo de matéria seca é essencial para o planejamento de dietas de confinamento e do uso das pastagens, pois tem relação com as exigências nutricionais dos bovinos. Quando relacionado à conversão alimentar, que é um índice de quanto de alimento é necessário para obter um quilo de carcaça, permite fazer previsões do ganho de peso e comparar com os resultados obtidos.


Pode ser utilizado para seleção de animais mais eficientes. Dessa forma, associando consumo de matéria seca e conversão alimentar, você tem animais que consomem menos alimentos e convertem mais em carcaça.


Custo Operacional

O custo operacional engloba a quantidade total desembolsada para o sistema fluir do início ao fim, com infraestrutura, maquinário, quadro de funcionários, energia elétrica entre outros. Esse valor pode ser mensurado por animal por dia.


Este e outros assuntos são tratados no MBA Nutrição e Gestão de Confinamento que conta com módulos técnicos que trazem uma visão moderna e compreende todos os aspectos sobre nutrição e confinamento de gado de corte, preparando o profissional para a nova realidade da pecuária brasileira. A duração do curso é de apenas 1 ano e 5 meses ao vivo, com experiência 100% digital. Clique aqui e saiba mais.

WhatsApp.svg.webp
bottom of page