top of page

Advogado: saiba qual a postura adequada em uma audiência


A postura correta de um advogado em uma audiência é de extrema importância para a defesa de seu cliente. Ela mostra que o profissional está interessado e empenhado em exercer com maestria os seus deveres e fazer o possível para contribuir com o caso de seu cliente. Mas qual é a postura adequada de um advogado em uma audiência? No texto de hoje, vamos falar mais sobre o assunto. Fique com a gente.


Pontualidade

O correto e mais ético a se fazer é chegar cedo ao tribunal onde a audiência ocorrerá. Não é educado imaginar um advogado atrasando para uma audiência sem qualquer explicação admissível. Muito embora a realidade vivida nos fóruns demonstre que dificilmente uma audiência será realizada no horário marcado, em virtude de acontecimentos no decorrer de cada audiência que acaba gerando uma reação em cadeia de atrasos, é necessário chegar antes do horário agendado.


Roupas

Usar roupas formais durante uma audiência deixa em evidência o profissionalismo do advogado. Sendo assim, roupas mais sóbrias e sem excessos vale para ambos os sexos. Estar bem vestido, além de demonstrar empenho, passa segurança ao seu cliente de que aquele problema será resolvido. Portanto, dê atenção para essa parte.


Palavras

O linguajar utilizado durante a audiência também é de extrema importância. Sendo assim, não é correto que um advogado utilize de gírias, palavras de baixo calão ou expressões nada técnicas para se comunicar quando está diante do magistrado e da parte adversária na audiência.


E não se esqueça de orientar o seu cliente a fazer o mesmo, guiando-o a, inclusive, evitar se expressar muito emocional ou ofensivamente. Comportamentos inadequados podem acarretar em punições, seja para você, seja para seu cliente. Afinal, o tribunal é um espaço cuja formalidade deve ser prontamente respeitada por todos os presentes.


Este e outros assuntos que abordam este cenário de formalidades que o advogado vive, você aprende com a educação superior. Por isso, a FGI oferece a Graduação em Direito que, durante os 5 anos, aprofunda na doutrina, na análise da legislação e na jurisprudência aplicáveis à prática, além dos estudos de caso.


O Corpo Docente promove um ambiente reflexivo e sistêmico gerando um aprendizado multe experiencial, integrando as diversas áreas que compõem o mercado jurídico. Saiba mais aqui. PROF. ME. RONIEL PANIAGO LIMA

Comments


WhatsApp.svg.webp
bottom of page