top of page

Quais as limitações do pastejo contínuo?


Fonte: Istock

O pastejo contínuo, apesar de ser uma técnica tradicional e ainda utilizada em muitas propriedades rurais, apresenta diversas limitações que podem afetar a produtividade do rebanho e a saúde da pastagem. Uma dessas limitações é a pressão exercida pelos animais sobre a forrageira.


A permanência ininterrupta dos animais em um mesmo pasto pode dificultar a revitalização da planta, atrasando a rebrota e aumentando a quantidade de material danificado pelo pisoteio intenso. Além disso, o rebaixamento excessivo da planta pode levar a um esgotamento do solo e à redução da qualidade da pastagem, o que pode impactar diretamente no desempenho dos animais.


Outra limitação importante do pastejo contínuo é a falta de alternativas em caso de problemas como ataques de pragas ou estiagem prolongada. Como os animais ficam em um mesmo pasto por um longo período, não há outras áreas para alocá-los, o que pode prejudicar o desempenho do rebanho e agravar a situação da pastagem.


Por isso, é importante considerar outras técnicas de manejo de pastagem, como o pastejo rotacionado, que permite uma utilização mais eficiente do pasto, evitando sua degradação e garantindo maior produtividade do rebanho.


Se você é um profissional da área, nosso MBA Nutrição e Gestão de Confinamento é um programa altamente especializado e completo, que abrange uma ampla gama de técnicas avançadas de manejo de pastagem e fornece aos participantes as habilidades e conhecimentos necessários para implementá-las de forma eficiente e sustentável em diversas situações na propriedade rural.


Se você deseja se destacar como um profissional de sucesso nessa área, este é o curso ideal para você. Não perca esta oportunidade única de aprimorar suas habilidades e se tornar um líder em seu campo de atuação. Clique agora e saiba mais sobre este MBA incrível!

Коментарі


WhatsApp.svg.webp
bottom of page