top of page

Grandes mudanças na pecuária sobrevindas por meio da tecnologia


Fonte: Freepik

A pecuária brasileira tem passado por grandes transformações impulsionadas pela tecnologia. Diversas inovações estão revolucionando a forma como os produtores lidam com a criação de animais, resultando em benefícios significativos para o setor. Alguns avanços tecnológicos de destaque incluem pesagem eletrônica, rastreabilidade, melhoramento genético contínuo, nutrição de precisão e programas eficientes de manejo sanitário.


A pesagem eletrônica é uma tecnologia que permite aos pecuaristas medir com precisão o peso dos animais de forma rápida e eficiente. Isso é fundamental para o monitoramento do desenvolvimento dos animais, avaliação do ganho de peso e determinação do momento adequado para o abate. Com essa informação em mãos, os produtores podem fazer ajustes na alimentação e manejo, otimizando o desempenho dos animais e maximizando a eficiência produtiva.


A rastreabilidade é outra ferramenta tecnológica essencial na pecuária moderna. Através do uso de identificação eletrônica, como chips ou brincos com QR codes, é possível acompanhar todo o histórico de um animal, desde o seu nascimento até o abate. Isso proporciona maior transparência e confiança ao consumidor, que pode ter acesso a informações sobre a origem, raça, alimentação e condições sanitárias do animal. Além disso, a rastreabilidade facilita a gestão da cadeia produtiva, auxiliando na detecção e controle de doenças, e possibilitando ações rápidas em caso de surtos ou recall de produtos.


O melhoramento genético contínuo é uma área em constante evolução na pecuária. Através de técnicas como inseminação artificial, transferência de embriões e seleção genômica, os produtores têm a possibilidade de escolher animais com características desejáveis, como maior resistência a doenças, melhor conversão alimentar, maior ganho de peso ou qualidade da carne. Isso resulta em animais mais produtivos e adaptados às demandas do mercado, aumentando a eficiência do rebanho e a rentabilidade do negócio.


A nutrição de precisão é outra tecnologia que tem contribuído significativamente para a pecuária brasileira. Através do uso de sensores, softwares e sistemas de alimentação automatizados, é possível monitorar e fornecer a quantidade ideal de nutrientes para cada animal, de acordo com suas necessidades individuais. Isso otimiza a eficiência alimentar, reduz o desperdício de alimentos e melhora a saúde e desempenho dos animais.


Já os programas eficientes de manejo sanitário têm sido impulsionados pela tecnologia. O uso de sistemas de gestão eletrônica de informações, como registros de vacinação, controle de medicamentos e históricos de saúde dos animais, permitem um monitoramento mais efetivo das condições sanitárias do rebanho. Isso auxilia na prevenção e controle de doenças, reduzindo perdas e garantindo a segurança dos produtos.


Essas inovações tecnológicas estão impulsionando a pecuária brasileira a produzir mais e melhor, ao mesmo tempo em que aprimoram a eficiência, a sustentabilidade e a segurança dos produtos. Com elas, os produtores têm em mãos ferramentas poderosas para otimizar o desempenho dos animais, garantir a qualidade dos alimentos e atender às demandas do mercado. E à medida que a tecnologia continua avançando, novas possibilidades de transformação surgem na pecuária.



Commentaires


WhatsApp.svg.webp
bottom of page