top of page

Descubra o que é agricultura sintrópica


A Agricultura Sintrópica é um sistema que junta, na mesma área, a produção de hortaliças, frutas, legumes (entre outras culturas) com a finalidade de criar condições ambientais e sustentáveis para a recuperação de áreas degradadas, ajudar no reflorestamento e proteger o meio ambiente.


O nome plantio sintrópico propõe reordenar, restaurar o ambiente natural, tornar uma área capaz de produzir e entregar benefícios ao meio ambiente de forma sustentável. Este método permite a recuperação de pastos abandonados, cujos solos sofreram degradação, em um curto período, transformando os mesmos em sistemas altamente produtivos.


De maneira mais didática, na agricultura sintrópica as plantas são cultivadas em união e dispostas em linhas paralelas, intercalando sempre espécies de portes e características diferentes, de maneira que seja aproveitado ao máximo o espaço do terreno ou área. O plantio leva em consideração a manutenção e reintrodução das espécies nativas de acordo com o desenvolvimento da ação.


O uso de controladores químicos como inseticidas e herbicidas não é praticado, assim como o uso contínuo de fertilizantes químicos ou mesmo orgânicos que não sejam originários da própria área cultivada. Os insetos e organismos vivos que povoam as áreas sintrópicas não são vistos como inimigos do plantio, mas como sinalizadores de deficiências no sistema, e ajudam o produtor a compreender as necessidades ou falhas daquele cultivo.


A agricultura sintrópica foi idealizada e difundida pelo agricultor e pesquisador Ernst Götsch em 1948. Enquanto trabalhava com pesquisas em melhoramento genético, Ernst começou a se questionar se não seria mais sensato melhorar as condições de vida das plantas, em vez de alterá-las geneticamente para que sobrevivessem à escassez de nutrientes e condições climáticas não ideais.


Assim, ele começou a redirecionar o seu trabalho para o desenvolvimento de uma agricultura sustentável. Ernst Götsch chegou ao Brasil em 1982 e, dois anos depois, adquiriu a Fazenda “Fugidos da Terra Seca”, localizada na Bahia. A propriedade é conhecida como Fazenda “Olhos D’água”, pela quantidade de nascentes que foram recuperadas por meio do trabalho sintrópico desenvolvido.


A ideia geral da agricultura sintrópica é acelerar o processo de sucessão natural utilizando duas técnicas: a capina seletiva, removendo plantas pioneiras nativas quando maduras, e a poda de árvores e arbustos. Após a poda, galhos e folhagens descartados são distribuídos sobre o solo, servindo como adubo.


A Faculdade de Gestão e Inovação oferece o MBA Gestão Estratégica do Agronegócio com o objetivo de formar profissionais completos e diferenciados para atuarem no agronegócio, proporcionando a descoberta de formas de gestão agrícola. Com aulas teóricas e práticas, o aluno consegue expandir seu conhecimento e aplicá-lo no seu dia a dia, melhorando a atuação na sua empresa.


O curso dura apenas 1 ano e meio, é 100% digital e os encontros acontecem mensalmente aos finais de semana no formato ao vivo, uma oportunidade perfeita para quem não tem tempo durante os outros dias. Seja um dos líderes do mercado agro! Clique aqui e se inscreva.

WhatsApp.svg.webp
bottom of page