top of page

LTN: saiba mais sobre esse título público

As aplicações de renda fixa são especialmente atraentes para quem deseja ter retorno, segurança e previsibilidade. Entre as alternativas, há o Tesouro Direto, que consiste no investimento em títulos públicos. Ele se divide em algumas modalidades e, para começar, é interessante saber o que é LTN.


Esse título tem características especiais, e serve tanto para investidores conservadores e moderados quanto para os arrojados. Para não ter mais dúvidas, descubra mais informações sobre ele e saiba como aplicá-lo!


Sendo assim, LTN é a sigla para Letra do Tesouro Nacional, um título público do Tesouro Direto de taxas prefixadas que hoje é chamado de Tesouro Prefixado. É, basicamente, um tipo de investimento considerado de baixo risco e que pode ser feito por qualquer cidadão com conta em uma corretora de investimentos.


Essa é uma alternativa especialmente vantajosa quando a taxa Selic ou a inflação estão em queda. Com isso, você garante um ganho potencialmente maior que títulos pós-fixados associados a essas taxas. Também oferece muita segurança e previsibilidade, graças ao conhecimento sobre os ganhos. Inclusive, é uma escolha interessante para diversificar a carteira e diluir mais os riscos.


Além disso, ele possui as seguintes vantagens: possui opções de vencimentos de curto, médio e longo prazo, rende mais que a poupança e permite o recebimento de juros semestralmente. Também é acessível: cada unidade desse papel custa R$ 1 mil, diferente de outros títulos semelhantes, que exigem um valor maior, além de serem calculados com base em juros e outras correções.


Porém, sua maior desvantagem está relacionada à liquidez. Até é possível resgatar o título antes do tempo, mas isso pode gerar perdas em relação ao que seria originalmente obtido. Além disso, antecipar essa etapa costuma aumentar o pagamento de impostos, o que deixa essa ação menos interessante.






Comments


WhatsApp.svg.webp
bottom of page